DESIGNING BRAND icon    DESIGNING BRAND

.
Uma marca é um somatório de experiências.
De preferência, relevantes.

DESIGNING BRAND - Imagem conceptual

As marcas s√£o o principal interface entre os neg√≥cios e as pessoas. S√£o capazes de estimular emo√ß√Ķes, constituindo motivadores de procura e de prefer√™ncia, fundamentais para a prosperidade econ√≥mica das empresas. H√°, em cada
um de n√≥s, um somat√≥rio de viv√™ncias que resulta da nossa rela√ß√£o com as marcas. Estas, por sua vez, valem pela qualidade dessas viv√™ncias e tamb√©m pela quantidade de p√ļblico que alcan√ßam.

Comportamento e Aparência
Urge uma maior preocupação com o comportamento da marca, em detrimento de uma preocupação focalizada quase exclusivamente na aparência. Neste novo cenário, e, muito por força da web 2.0, certas marcas passaram a privilegiar
um envolvimento mais directo e interactivo com os consumidores. Como resultado, os consumidores passaram
a interiorizar os valores da marca com base em benefícios vividos e não apenas em benefícios comunicados.

Brand Focus
Brand Focus é a primeira imagem que nos vem à cabeça quando ouvimos o nome duma marca. Apesar do logótipo ser
um elemento central da identidade de uma marca, tal não significa que ele seja o seu "brand Focus". Qualquer outro "touch point" pode sê-lo como, por exemplo, o produto, o CEO, a comunicação, o evento ou o edifício.

Admiração
A forma de avaliar as marcas também se alterou. Uma marca não é mais dimensionada pelo consumo mas sim,
pela admiração. A sua existência pode ser bem mais transversal que o universo dos seus fiéis consumidores.
Muitos veneram o Ferrari, mas quantos o possuem?

A aplicação Designing Brand é um processo de Designing Business que integra o produto,
a comunica√ß√£o e a venda numa s√≥ for√ßa estrat√©gica de marca. Este modelo pressup√Ķe uma nova amplitude do design, com compet√™ncias mais multidisciplinares e com um dom√≠nio mais sensorial
do que só visual, na medida em que as suas valências passam a abranger, para além do estilo
e da aparência da marca, a gestão do seu comportamento, do seu "brand focus", e, dos seus admiradores.

No século XX as marcas nasceram do consumo. No século XXI nascem da admiração.